Ingestão de líquidos nas refeições

A ingestão de líquidos durante as grandes refeições (almoço e jantar) deve ser desestimulado desde cedo às crianças, hoje sabemos o quão prejudicial é esta pratica para o processo digestivo e absortivo dos nutrientes. Os líquidos quando ingeridos durante ou logo após o almoço e ou jantar provocam diluição dos sucos digestivos, ou seja, diminuem sua eficiência, acarretando uma digestão e absorção insuficiente, predispondo desta forma o acúmulo de gases intestinais, constipação, irritação de colón entre outros.

Os líquidos quando possível devem ser ingeridos 30 minutos antes das refeições e 60 minutos após, e de preferência em temperatura ambiente.

Para auxiliar a digestão é recomendado uso de alguns chás após as refeições, e estes devem ser ingeridos em temperatura morna ou a ambiente.

Exemplo de chás digestivos, erva doce, capim limão, salvia, flor de laranja, casca de abacaxi, chá verde etc.

Curiosidades sobre o uso dos chás
Diz à lenda que, por volta de 2737 a.C., o imperador chinês Shen Nong, conhecido por suas iniciativas como cientista e patrono das artes, lançou a idéia de que beber água fervida seria uma medida higiênica. Durante uma viagem, deixou cair acidentalmente algumas folhas na água que estava sendo servida, bebeu e achou muito refrescante, ficou encantado com a mistura e daí iniciou o costume dos chás.

Nutricionista: Rosani R. Sarmento - CRN 01714/4

Voltar